Uma entrevista com Xande Ribeiro

no dia

Nessa entrevista vídeo, Xande Ribeiro, 6 vezes campeão mundial da IBJJF fala sobre a sua carreira, treinar com um irmão e a Ribeiro jiu-jitsu. Video 1080p, 5:23min.

Baixar video 1080p (320 MB)

Transcrição:

O meu nome é Xande Ribeiro, eu tenho 32 anos, faixa preta terceiro grau do Saulo Ribeiro. Eu começei o jiu-jitsu em 1991 em Manaus no estado de Amazonas com a equipe Monteiro jiu-jitsu. Começei com 10 anos de idade e fiquei no estado de Amazonas durante 7 anos. Em 99, me mudei para o Rio de Janeiro para cursar o curso de direito. O meu irmão já morava no Rio nessa época e fiz Gama Filho. Depois de um tempo, eu tive a proposta de dar aula no exterior. Eu e o meu irmão já davamos seminário nos Estados Unidos, na nossa equipe e um dos nossos associados queria um faixa preta para dar aula e eu me compremeti. Em fevereiro de 2002, me mudei para o Ohio na cidade de Toledo, no Midwest dos EUA e estou nos Estados Unidos desde então. Então do final de 2004 até final de 2007, ficamos em Ohio, em Toledo, construindo a nossa associação lá. Em 2007 fundamos a Univeridade do Jiu-jitsu aqui em San Diego, na Califórnia onde tive a idéia com o meu irmão de englobar todos os conhecimentos éticos e morais da arte marcial. Desde então, nos estamos na Califórnia. Em 2011, eu resolvi novos campos e me mudar para Los Angeles e abrir uma muleque da Ribeiro Jiu-jitsu lá.

A minha história com o Rafael Lovato é bem legal. Nos nos conhecemos em 2002-2003. Ele lutou contra o meu irmão no campeonato do Arnold Scharwznegger e ele falou que era um sonho dele treinar com a gente então a gente fez um convite à ele e ele prontamente aceitou. Era faixa marrom do Carlos Machado na época e desde então tem treinado com a gente bastante. Em 2004, quando eu estava no Rio de Janeiro, ele também estava. Na verdade ele ainda fazia parte da equipe do Carlos Machado então quando ele pegou a faixa preta, ele voltou e englobou a nossa equipe. Na verdade, desde 2004, eu me lembro que, para o Brasileiro, ele me ajudou bastante no meu treinamento. Ele era longo, bem forte, pernas grandes e eu lutava muito com um cara chamado Jeferson na época e eu fiz muito treino com ele para o Jeferson nessa época. Então foi o primeiro campeonato que o meu companheiro de treino, meu irmão Lovato me ajudou muito. (Saulo) ...já vem lutando os mundiais desde a primeira edição, sempre teve nas cabeças, seis vezes campeão mundial até em 2007 com 34 anos chegou na final com o Rômulo Barral. Na verdade o Saulo era um gênio, ele veio ao jiu-jitsu com uma simplicidade que de vezes em quando me impressiona muito.

Eu acho que, (dois irmãos) eles são os dois lados de uma moeda do mesmo valor mas tem diferenças. Você vê os irmãos Mendes, o Rafael e o Guilherme, estão sempre treinando, sempre evoluindo, estão sempre descobrindo técnicas novas. Até o próprio João e o Paulo. Eu acho que você tendo um irmão que ama a mesma arte que você é muito importante. É importante também entender as diferenças. Muitas vezes no jiu-jitsu as diferenças são mais de opinião que o que é certo ou errado. Muitas vezes eu e o meu irmão brigava por que a gente achava que tinha uma técnica melhor do que o outro. "Não, eu tou falando que isso é certo, não isso que é certo." Mas eu acho que não tem certo ou errado. Eu acho que cada um tem a sua opinião, um pensamento diferente. é isso que ajuda os irmãos a evoluirem. As diferenças. é importante entender as diferenças um do outro é utilisar isso da melhor forma. Eu acho que os irmãos Mendes e os irmãos Miyao têm provados no utimos anos aí que a forma ta dando certo. E eu e o meu irmão também é lógico. Estamos há vinte anos quase provando ai que amor de irmão é recompensado quando é bem utilisado.

A Ribeiro jiu-jitsu hoje, na verdade é dificil falar quantas academias. Mais fácil falar quantos países no estamos. Estamos no Japão, Tahiti, Mexico, Estados-Unidos, Canadá, Brasil, Alemanha, Irlanda, Filipinas, Rússia e Romenia. Melhor falar quantos paises do que quantas academias.